Gerdau e JA Minas Gerais ensinam jovens a criar startups

Gerdau e JA Minas Gerais ensinam jovens a criar startups

Durante o segundo semestre de 2019, cerca de 200 alunos de cinco cidades de Minas Gerais aprenderam a desenvolver sua própria startup. A iniciativa é uma parceria da JA Minas Gerais e da Gerdau, que promoveram o programa JA Startup para alunos do ensino médio.


Os jovens, de Sete Lagoas, Barão de Cocais, Divinópolis, Bocaiúva e Congonhas, receberam todo o conhecimento para empreender na área e alavancar suas idéias, combinando tecnologia e empreendedorismo. Os voluntários da ação foram os próprios colaboradores da Gerdau, que mentoraram os alunos e acompanharam o processo de desenvolvimento das startups.


A gerente Geral da JA Minas Gerais, Brenda Santos, acredita que o projeto gera novos negócios. “Na JA assumimos um papel muito importante de apresentar aos jovens ferramentas e conhecimentos para que eles possam lidar com as transformações do mundo e empreender nos diversos cenários. Desta forma, a parceria com a Gerdau nos permite entrar em uma área bastante atual, a da tecnologia, em especial das startups”.


As startups são empresas com custos de manutenção muito baixos, que conseguem crescer rapidamente e gerar lucros cada vez maiores. Para entender esse universo, os jovens vão desenvolver soluções para problemas identificados na comunidade, desta forma os alunos irão atuar em equipe para propor uma solução por meio de uma startup simulada.


Durante uma imersão de quatro dias, os jovens vão conhecer o mindset “The Startup way”, sobre pesquisa primária e secundária, sobre MVP e protótipos. E são desafiados a criar seu próprio protótipo em sala de aula e pivotar suas idéias.


A aluna Isabela Cristina, que participou do programa em 2018, conta sobre a experiência que o projeto proporcionou. “Tirei do projeto novos conhecimentos, novas visões de mercado e novas visões de equipe. Tive que aprender a lidar melhor com pessoas, ter mais responsabilidade e aprimorar as minhas ideias. Levei no final um produto organizado pela minha startup, em algo que tenho interesse, levei também contatos de pessoas super incríveis que pudemos ter a oportunidade de conhecer e um conhecimento que eu não receberia em outro lugar” relata.






17.Dec


Deixe comentário