Notícias

Voltar para as notícias

Startup pernambucana é campeã em competição nacional

04/08/2018

A equipe SEAM, formada por estudantes do ensino médio da Escola Técnica do Porto Digital, foi a campeã, na última semana, do Demo Day Nacional, um desafio das equipes participantes do programa JA Startup, programa desenvolvido pela Junior Achievement, instituição sem fins lucrativos que atua na educação empreendedora de jovens ainda na escola. A etapa nacional foi disputada pelas equipes campeãs das Demo Day Estaduais de Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.


Os pernambucanos Diogo Alcelino, Laís Firmino, Maria Sara Campos, Pedro Araújo e Samuel Kepler idealizaram o aplicativo SEAM para ajudar as pessoas que precisam de serviços de costura e não conhecem um profissional de sua confiança ou não podem se deslocar até lugares muito longes. A plataforma conecta os usuários a costureiras confiáveis mais próximas de sua residência e o pagamento pelos serviços podem ser feitos via boleto ou cartão de crédito pelo próprio aplicativo.
"Nossa ideia surgiu da reclamação feita por muitas pessoas, elas acham que estar procurando uma costureira é perda de tempo, muitas disseram não ter paciência para levar e buscar as peças. Então, resolvemos desenvolver um aplicativo que guiasse as pessoas a costureiras, de modo que o cliente não precisasse nem sair de casa", contou estudante Laís Firmino, uma das integrantes da equipe.


A competição que escolheu a melhor ideia do país foi feita através de uma conferência pela internet, quando cada equipe concorrente explicou a sua ideia e demostrou o potencial do seu negócio, além de mostrar como a equipe já executou e aprendeu com o projeto. O evento foi realizado e transmito ao vivo pelo Facebook da StartSe, hub de startups parceira da Junior Achievement no desenvolvimento do programa JA Startup.


A banca de jurados foi composta pelos representantes da StartSe Cristiano Kruel, Junior Borneli e Mauricio Benvenutti, que trabalham na unidade da StartSe no Vale do Silício. Os profissionais da área de tecnologia da informação da Gerdau Lídia Cabral e Rodrigo Paiva e empreendedor social projeto Moradigna, Mateus Cardoso, também participaram da banca que avaliou os projetos. Os alunos da equipe campeã ganharam uma viagem para a Silicon Valley Conference, em São Paulo, um evento promovido pela StartSe que reúne profissionais para discutir sobre tecnologia e negócios.


No encontro, os estudantes poderão conhecer projetos transformadores e vivenciar um pouco do que é desenvolvido no Vale do Silício. Para a estudante Sara Campos, também integrante da SEAM, o valor da colocação vai muito além de premiação. "O que eu ganhei com esta colocação foi muito aprendizado. Coisas como organização pessoal, profissional, do tempo, gestão de projetos e construções. A sensação de ter conquistado algo assim é inesquecível e inexplicável, porque todo o projeto foi idealizado por nós (alunos) com o auxílio dos mentores. Foi muito bom, pois não foi algo que foi feito por profissionais que têm domínio sobre aquilo, mas sim pelos discentes".
Cheios de planos para o futuro, o grupo pretende seguir adiante com o projeto e trazer o aplicativo SEAM para a realidade da população que precisa dos serviços de costura. Os jovens estão em busca de investidores que possam ajuda-los a tocar o projeto e tonar esse sonho realidade. 

JA STARTUP - Com o objetivo de conectar os jovens as mudanças do mercado e estimular a criação de soluções inovadoras, a Junior Achievement lançou o JA StartUp. O programa inédito foi desenvolvido em conjunto com a hub de startups StartSe e está sendo realizado em parceria com a Gerdau. Em Pernambuco, inicialmente, o projeto foi aplicado para 40 alunos do ensino médio da Escola Técnica do Porto Digital.
Com o apoio de profissionais voluntários, como são realizados todos os programas da Junior Achievement, o JA Startup possui oito encontros (ao longo de oito semanas), tendo três horas de duração, cada. Neles, os alunos aprendem conceitos, ferramentas e tecnologias para criar e desenvolver startups, que são empresas recém-criadas e que buscam explorar atividades transformadoras no mercado. Os participantes recebem orientações sobre o estilo startup, trabalho em equipe, finanças, pesquisa de mercado, desenvolvimento de produtos, montagem de protótipos e negócios.