Notícias

Voltar para as notícias
Divulgação

Conecta 2018 reúne grandes empreendedores para debater a nova economia

30/05/2018

O espaço Órbi, no bairro Lagoinha, em Belo Horizonte, recebeu diversas mentes se conectando e discutindo modelos de negócio do futuro. O Conecta 2018 aconteceu na noite da quarta-feira, 23 de maio, e reuniu cerca de 150 pessoas no espaço de coworking. As palestras dos executivos Eugênio Mattar, CEO da Localiza Hertz, Pedro Englert, CEO da StartSe e Giuliano Bittencourt, CEO da BeGreen, sobre como suas empresas nasceram, cresceram e convivem nestes tempos de inovação tecnológica, envolveram o público e embasaram um debate sobre a economia 4.0.

O evento teve início com um café de boas-vindas, onde os participantes puderam interagir, se conhecer e conectar-se. A abertura do encontro foi feita pela a gerente Geral da Junior Achievement Minas Gerais (JAMG), Catarina Lutero que deu boas-vindas aos presentes e falou sobre as mudanças que o mundo vem sofrendo, em como a nova economia afeta a todos e sobre a importância de discutir o futuro do empreendedorismo.

O primeiro palestrante da noite foi Eugênio Mattar que falou sobre os desafios da Localiza para se reinventar, sobre o futuro da mobilidade urbana e como tudo está interligado. O executivo citou exemplos de novas tecnologias que estão tomando o mercado nas áreas de energia, genética, robótica, medicina e biologia, e afirmou que a mudança é muito grande, pois a conectividade das comunidades é muito rápida. "A Localiza está se preparando para não ser pega de surpresa. Se você não se prepara, quando vê é tarde, a mudança muito rápida. A transformação digital está em tudo, e a Localiza faz parte dessa transformação, tanto na experiência do cliente quanto na produtividade de nossos funcionários. A ciência está revolucionando e queremos fazer parte dessa revolução, levando conforto e bem-estar as pessoas. Pensamos na Localiza e no mundo da mobilidade futura" explicou Eugênio.

O empresário Pedro Englert, da StartSe, que aos 16 foi aluno da Junior Achievement, contou um pouco da influência da instituição em sua vida e como esse incentivo é importante para os jovens. Pedro relatou sua experiência no Vale do Silício, Califórnia (EUA) onde passou um ano convivendo e aprendendo com mentes inovadoras. De acordo com ele, o período foi de grande serventia ao seu desenvolvimento e disse que todos que puderem, devem ter essa experiência. Pedro afirmou que empreender hoje está mais fácil. "Vivemos em um cenário em que o cliente é o centro. As empresas não estão mais preocupadas em empurrar produtos, e sim entender quais as necessidades do cliente e como podem resolver seu problema. A tecnologia gera a democratização das coisas, então as concorrências podem vir de onde menos se espera. Você tem que decidir se é uma oportunidade ou uma ameaça, mas, na verdade, a ameaça é não fazer nada. Qualquer sonho é possível, as barreiras para empreender caíram, não é certeza que você vai conseguir, mas tem todas as chances para tentar" estimulou.

O último palestrante da noite foi o "verdureiro" como se identificou Giuliano Bittencourt, da BeGreen. Ele envolveu o público ensinando uma respiração para acalmar a mente e estimular maior concentração e conecção com o momento. Ele contou a história da criação da BeGreen e como ele, um administrador público, se tornou CEO da primeira fazenda urbana da América Latina e a nona do mundo. "A BeGreen quer fazer parte de um mundo mais sustentável. É possível vender alimentos de forma responsável e sem gerar desperdícios. Nós vendemos saúde, bem-estar e sustentabilidade" disse ele.

A última parte do Conecta 2018 foi um painel com todos os palestrantes, mediado por Pedro Menezes, da Órbi, que encaminhou as perguntas da plateia para o debate. Toda a arrecadação desta edição do Conecta será direcionada para ampliar o projeto Ação & Cidadania da JAMG que leva às escolas públicas palestras gratuitas sobre cidadania, ética, liderança e mercado de trabalho.

Confira o vídeo do evento: https://youtu.be/rV7JYCXjFX8